Aprenda como emitir o seu CPF e como fazer a consulta!

CPF – É o cadastro da Receita Federal brasileira no qual devem estar todos os contribuintes, sendo pessoas físicas brasileiras ou estrangeiras com negócios no Brasil. Onde são armazenadas informações fornecidas pelo próprio contribuinte e por outros sistemas da Receita Federal.

O CPF é um dos principais documentos para cidadãos brasileiros, ao ser emitido, o documento gera um número de onze algarismos, sendo os dois últimos dígitos verificadores para evitar erros de digitação. Este número passa a ser único para cada contribuinte e não muda, mesmo que ocorra a perda do cartão.

Ainda existe muitas dúvidas sobre o documento pois, ele é muito importante, nos tópicos abaixo você irá aprender como funciona e o que é preciso para tirar o documento. Confira Agora !

Como Emitir o CPF

O cadastro de pessoa física é emitido uma única vez e com um número único com o objetivo inicial de identificá-lo junto a Receita Federal para fins tributários. Contudo, o documento é usado em organizações públicas e privadas, onde as agências bancárias, órgãos de governos e empresas privadas de uma forma geral usam o CPF como chave de identificação de pessoas físicas.

Emitir CPF

Por ser um documento único, com validade em todo o território nacional e emitido por um órgão oficial do governo federal, sua aceitação em outras organizações para fins de identificação é maior. O CPF pode ser emitido em alguns locais como:

  • Nas agências conveniadas do Banco do Brasil, Caixa Econômica Federal ou dos Correios, tendo que pagar uma taxa de emissão custando no valor de R$ 5,70;
  • Pela internet, se a pessoa física possuir título de eleitor, por meio do formulário eletrônico Inscrição CPF Internet, através do endereço da Receita Federal www.receita.fazenda.gov.br;
  • Nas entidades públicas conveniadas, sem custo;
  • Nas representações diplomáticas brasileiras no exterior, sem custo;
  • Diretamente na Receita Federal: não residente no Brasil, inscrição de pessoa já falecida, ou se solicitado por órgãos da administração pública em função da incapacidade de comparecimento da pessoa física nas entidades conveniadas.

Documentos Necessários

Emitir CPF

Muitas pessoas na hora de realizar sua inscrição no CPF não sabem quais documentos irão precisar, podendo ser originais ou cópias autenticadas.

Maiores de 18 anos:

  • Documento de identificação oficial com foto do interessado;
  • Certidão de nascimento ou de casamento, caso não conste no documento de identificação oficial apresentado a naturalidade, a filiação e a data de nascimento;
  • Título de eleitor ou documento que comprove o alistamento eleitoral;
  • Na inexistência da obrigatoriedade ou da impossibilidade do alistamento eleitoral, certidão da justiça eleitoral ou documento que comprove esta condição.

Menores de 16 anos:

  • Certidão de nascimento, certidão de casamento ou documento de identificação oficial com foto do menor;
  • Documento de identificação oficial com foto do solicitante, (um dos pais, tutor, curador ou responsável pela guarda);
  • Documento que comprove a tutela, curatela ou responsabilidade pela guarda, conforme o caso, do incapaz ou interdito.

O prazo para emissão do CPF nos Correios, Banco do Brasil, Caixa Econômica Federal e nas conveniadas de atendimento gratuito é o mesmo. O número de inscrição no CPF é gerado ao final da conclusão do atendimento, é possível realizar a consulta pela internet, acessando o site da Receita Federal citado acima.

Nesse mesmo endereço você poderá efetuar o CPF consulta que podem ser:

  • Regular: Não há nenhuma pendência no cadastro do contribuinte;
  • Pendente de Regularização: O contribuinte deixou de entregar alguma Declaração do Imposto Renda da Pessoa Física (DIRPF) dos últimos cinco anos;
  • Suspensa: O cadastro do contribuinte está incorreto ou incompleto;
  • Cancelada: O CPF foi cancelado por multiplicidade, em virtude de decisão administrativa ou judicial ou por falecimento do contribuinte;
  • Nula: Foi constatada fraude na inscrição e o CPF foi anulado.

Com todas essas informações obtidas no artigo, fique atento a essa parte de consultar seu CPF, pois é um documento que você irá precisar sempre que for resolver algo e será importante manter sem pendencias. Boa Sorte !